Endoscopia

Endoscopia

A endoscopia, ou endoscopia digestiva alta, é um exame do trato digestivo superior capaz de auxiliar no diagnóstico de doenças do esôfago, estômago e duodeno. Geralmente solicitado pelo médico gastroenterologista, o exame é feito através de uma câmera inserida pela boca do paciente, que fica sedado durante o procedimento, e investiga, ao vivo, as condições desses órgãos.

Em linhas gerais, a endoscopia serve para dar ao gastroenterologista a oportunidade de diagnosticar, com precisão, males e doenças do trato digestivo. Com ele, o médico pode assistir, em tempo real, reações que podem indicar inflamações, refluxo, gastrite e lesões, como úlceras, além de pólipos, tumores e hérnias.

No momento da endoscopia pode ser recolhido material dos locais avaliados para biópsia, mas isso não significa, necessariamente, que o médico identificou tumores ou câncer. A biópsia é comum para a investigação do aumento de colônias de bactérias no trato digestivo, que podem gerar infecções e, por isso, demandar tratamento específico.

Além disso, a endoscopia digestiva alta também pode ser o próprio tratamento, em casos de pacientes que não conseguem se alimentar pelas vias naturais e precisam de sonda para a passagem dos nutrientes. Contudo, essa utilização da endoscopia é feita apenas em hospitais.

Como funciona o procedimento da endoscopia

Ao solicitar o exame de endoscopia, o gastroenterologista indica ao paciente o protocolo para realização do procedimento. Na maioria das vezes, ele inclui jejum alimentar de doze horas e de líquidos por duas horas, além da ingestão de remédio para dissolver gases, caso o médico julgue necessário.

Ao chegar na sala de procedimento o paciente é sedado para não sentir o incômodo do endoscópio passando pela garganta. Caso o paciente não tenha alergia a medicamentos, o sedativo não apresenta contraindicações e seu efeito passa dentro de poucos minutos, com a pessoa voltando a acordar. A reação posterior à sedação depende de cada um e varia desde a sensação completa de normalidade até moleza, desmaio ou mal-estar.

Em caso de desconforto, o paciente é mantido dentro da clínica até que se sinta melhor.

O tempo do exame é variável, sendo, geralmente, curto. Contudo, o efeito do sedativo pode deixar a pessoa levemente confusa por alguns minutos ou horas, se tornando indispensável a presença de um acompanhante maior de idade ao local da endoscopia. No dia da realização do procedimento o paciente não poderá dirigir, pilotar motos e bicicletas, ficar vulnerável em locais altos ou operar máquinas pesadas.

É direito do trabalhador tirar o dia de folga na ocasião da realização do exame. Para comprovar a falta por razões de saúde basta solicitar o atestado médico de comparecimento.

A endoscopia apresenta alguns riscos, explicados no Termo de Consentimento, que, no geral, são baixos. É um exame seguro, rápido e que requer, apenas, que o paciente não fique desacompanhado no dia em que se submeter a ele. O resultado, em sua maioria fica pronto na mesma hora. Quando solicitada, a biópsia pode demorar alguns dias para ficar pronta, por se tratar de exame laboratorial.

Dicas úteis para realização de endoscopia digestiva alta

– Não coma alimentos derivados do leite, ou quaisquer outros que possam te dar gases, no dia anterior à endoscopia;gases, no dia anterior à endoscopia;
– Não desobedeça o pedido de jejum. Resquícios recentes de alimentação podem dificultar a entrada do tubo de endoscopia no estômago, tornar o diagnóstico impreciso ou, até mesmo, interromper o exame.
– Leve como acompanhante pessoa maior de idade, alguém que esteja com o dia ou o turno livre, já que a realização do exame depende da eficácia do sedativo e da sua recuperação após a realização do procedimento. Isso significa que a ida à clínica pode demorar mais do que o esperado;
– Avise ao seu médico sobre qualquer impeditivo que você possa ter antes de se submeter ao procedimento, como doenças cardíacas, risco de gravidez ou gestação em curso ou alergia a medicamentos.
O exame requer um médico, pelo menos um técnico de enfermagem, desfibrilador e estrutura para prestar socorro de emergência a pacientes que apresentem complicação durante a realização da endoscopia digestiva alta.
Precisa fazer uma endoscopia mas não tem plano de saúde? Pode contar com a gente.